Domingo, 27 de Setembro de 2020 04:58
66 99721 - 8394 WhatsApp
Brasil Tragédia

Mãe mata filho de 11 anos e esconde corpo na garagem

Alexandra contou que viva com Rafael e seu outro filho, um adolescente de 16 anos. Segundo ela, o garoto tinha problemas emocionais e, por isso teve a necessidade de dar um medicamento mais forte para a criança. O nome do remédio não foi divulgado.

27/05/2020 09h44
Por: Redação Fonte: CORREIOS BRAZILIENSE
 Mãe mata filho de 11 anos e esconde corpo na garagem

Alexandra Dougokenski confessou que matou o filho de 11 anos, Rafael Mateus Winkes, e que escondeu o corpo em uma caixa na garagem dos vizinhos, no município de Planalto, que fica a 406 quilômetros de Porto Alegre (RS). A mãe alegou que a morte do menino foi causada com medicamentos.

 

O menino estava desaparecido havia 11 dias. O corpo de Rafael foi encontrado na segunda-feira (25/5) na garagem da casa dos vizinhos após a mãe confessar o assassinato.  Os moradores estavam viajando e deixaram as chaves da casa com  Alexandra.

 

Em entrevista coletiva, o delegado responsável pelo caso, Joeberth Pinto Nunes, disse que o crime tem semelhanças com o caso de Bernardo Boldrine, que aconteceu em 2014 e teve repercussão nacional. O garoto também tinha 11 anos na época e foi morto pelo pai e pela madrasta por superdosagem do medicamento Midazolam.  

 

Alexandra foi ouvida pelas autoridades ao menos dez vezes ao longo da investigação e teve prisão preventiva decretada pela Justiça na segunda-feira (25/5). Em depoimento, ela afirmou que o filho desapareceu na noite do dia 15 de maio. Alexandra disse que teria deixado o menino no quarto para dormir e, quando acordou, no dia seguinte, ele não estava mais no local. Conforme o relato, a cama estava desarrumada e a porta da casa, encostada. O local não tinha sinais de arrombamento. 

 

A mãe disse ainda que o menino usava uma camiseta do Grêmio, calça de moletom preta, chinelos e óculos de grau, vestimentas que não foram localizadas no quarto dele. 

 

A suspeita inicial era de que Rafael havia saído de casa durante a noite. A família procurou por ele na casa da avó e de amigos, mas não o encontrou. A Polícia Civil também tinha como hipótese sequestro e suicídio. 

 

Alexandra contou que viva com Rafael e seu outro filho, um adolescente de 16 anos. Segundo ela, o garoto tinha problemas emocionais e, por isso teve a necessidade de dar um medicamento mais forte para a criança. O nome do remédio não foi divulgado.

 

Apesar de Alexandra já estar em prisão preventiva, o delegado não considerou o caso como encerrado.  A polícia ainda investiga se a causa da morte de Rafael foi o medicamento ou se o menino teria sido dopado e esganado pela mãe. A participação de outras pessoas no crime também é investigada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Barra do Garças - MT
Atualizado às 04h37 - Fonte: Climatempo
22°
Tempo aberto

Mín. 21° Máx. 39°

22° Sensação
12.6 km/h Vento
39% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 40°

Sol com algumas nuvens
Terça (29/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 41°

Sol com algumas nuvens